FernandoSantana

FERNANDOSANTANA paixão pelo futebol

Gol que é Gol, é GOL de bola rolando.

Dinâmico, Diferente, Interessante.

A bola é trabalhada por toda equipe até chegar no GOL.

Goleador. Artilheiro, Matador.

Não se perde tempo em formação de barreiras das faltas, nem repetições de pênaltis por invasões ou mexidas dos goleiros.

Tudo perda de tempo e pouco jogo com a BOLA ROLANDO. Que é o que o torcedor quer.

No meu entender o verdadeiro goleador, com ela rolando faz gols de:

Vôleio, bate pronto, canela, bico, peixinho, coxa, barriga, ombro, cabeça, três dedos, folha seca (a la Didi), paleta, peito de pé, de sei lá o que, e se você souber que nos diga.

Respeito os cobradores de faltas e pênaltis, pois sei o quanto treinam.
Porém, fui artilheiro do campeonato Pernambucano por três vezes, nos anos de 1969,1970 e 1972, e todos os gols foram com a bola rolando.

Um abraço a todos os artilheiros.

Fernando Santana

Categoria: Artigos

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.