FernandoSantana

FERNANDOSANTANA paixão pelo futebol

BANHO DE BOLA

Em 1966, o selecionado estadual estava em preparativos para um torneio classificatório do Campeonato Brasileiro Juvenil. A etapa regional se realizaria no Recife na Ilha do Retiro, e o presidente da Federação Pernambucana de Futebol, o inesquecível Rubem Moreira, fazia de tudo para que o time da casa estivesse no ponto. Esta seleção sub-19, a Cacarequinho – alusão a Cacareco que representou o Brasil em 1959 no, Campeonato Sul-Americano no Equador.

Além de Pernambuco, Paraíba, Alagoas e Bahia lutariam por uma vaga no campeonato propriamente dito, em Belo Horizonte, com a presença de Minas Gerais, o dono da casa, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul e Amapá.

Numa das folgas da Cacarequinho, a turma recebeu um convite de Samuel, irmão de Joel que tinha alugado uma casa em Boa Viagem para comerem uma feijoada.

Chegando lá trocaram de roupa e foram dar um mergulho na praia. Na areia uns peladeiros brincando com a bola, esperavam mais gente para completar a pelada. Vendo aquele turma convidaram para bater uma bolinha. Além de Fernando Santana, estavam:

– Joel, Cuíca, Paulo Veloso, Luciano (Santa Cruz), Bite (Sport), Zá Leite (Náutico), Ricardo (America) e outros. Os forasteiros toparam, e logo a pelota começa a rolar. Um vexame total, a bola corria de um lado para outro eles não viam nem a cor. E tome gol: um, dois, tres… Os caras se entreolharam sem entender o que acontecia. O dono da bola deu um grito: pera, peraí… Tem alguma coisa errada. Vocês são de onde? Cuica, que driblava até vento explicou: Nós somos jogadores de futebol e pertencemos à seleção pernambucana. Foi aí que o chefão sentiu a mancada. Logo vi, tinha que ter algo errado nessa história.

Dito isso, convidou a garotada para um belo banho de mar, pois o de bola ele e a turma já tinha levado.

Essa história foi publicada na coluna do nosso amigo Lenivaldo Aragão “No pé da Concersa”

Categoria: Causos

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.