FernandoSantana

FERNANDOSANTANA paixão pelo futebol

ESTAMOS DE VOLTA

O Náutico tem 7 vitórias nos últimos 9 jogos  Alô amigos blogueiros.  Estamos de volta. Depois de um breve intervalo, o nosso site está reformulado, graças ao nosso maestro em computação Magdo Santana. Parabéns pra ele que ele merece. Sem muito lero lero, vamos falar sobre os nossos clubes na reta final dos campeonatos das séries A e B.
Santa Cruz
Desta feita não perdeu, empatou. Sem dúvida foi um resultado ruim, é a terceira partidas sem vence em casa. Faz pouco tempo que o time tricolor era o único invicto dentro de casa na série B. Desaprendeu a fazer o dever de casa. Agora terá que vencer três das seis partidas restantes para fugir da famigerada série C em 2008. É bom lembrar que tudo deve começar logo no próximo jogo que será fora de casa contra o já rebaixado Remo, em Belém do Pará. Só nos resta desejar boa sorte a cobra coral.

Sport
Despencou na classificação, perdendo da 30ª rodada a 32ª oito posições, estando agora na 15ª colocação, mesmo número de pontos do Náutico, perdendo no saldo de gols, o Sport tem menos dois e o rival mais três. É bom lembrar que o Sport tem uma seqüência de jogos difíceis, começando com São Paulo no próximo domingo. Nada de desespero, mas cautela é bom e não faz mal a ninguém.  Uma coisa é certa. Geninho vai ter que motivar o elenco, pois na partida contra o Botafogo, vimos um time apático dentro de campo. Isso é muito ruim quando acontece numa reta final de competição. Quero ver o leão firme e forte domingo diante do futuro campeão brasileiro de 2007, o São Paulo. Uma coisa eu garanto. O Tricolor Paulista não dará a volta olímpica como campeão antecipado domingo no estádio da Ilha do Retiro. Primeiro não acredito na vitória do São Paulo. Segundo será necessário os tropeços de Santos, Cruzeiro e Palmeiras. Um detalhe. Santos e Cruzeiro jogam no mesmo horário do São Paulo. Já o Palmeiras jogará depois do jogo do Sport. Portanto terá que esperar pelo término do jogo do Palmeiras para saber se será ou não campeão no domingo.                               

Náutico
Vem surpreendendo a todos. O mais otimista dos alvirrubros não acreditava numa recuperação tão fulminante como a do timbú. Não é todo time que consegue numa competição tão difícil, vencer cinco e empatar uma em sete jogos disputados. Quando a direção do Náutico contratou Geraldo, achou o homem certo para substituir Marcel, o grande municiador de Acosta, vice-artilheiro do campeonato com 15 gols. No meu modesto entendimento, a principal razão da recuperação do time no campeonato. Domingo, o timbú deu uma prova de maturidade e que não está pensando em rebaixamento. A persistência na busca dos três pontos foi fundamental para a vitória do Náutico diante do então poderoso timão. Em 2007 o Náutico jogou quatro vezes com o Corintians. Venceu três e empatou uma. No próximo final de semana os comandados de Roberto Fernandes terão pela frente o Grêmio em Porto Alegre. Uma vitória diante dos tricolores dos Pampas, com certeza deixará no rosto do torcedor alvirrubro um largo sorriso de satisfação. Eles não esqueceram a primeira Batalha dos Aflitos. Finalizando. Parabéns ao treinador Roberto Fernandes. Sem medo de errar, está entre os cinco melhores do futebol brasileiro.

Fiquem com DEUS.
Hélio Macedo 

                                                                              

Categoria: Coluna

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.