FernandoSantana

FERNANDOSANTANA paixão pelo futebol

Santa Cruz do Sta. Amália

Torneio de fim de ano no Instituto Santa Amália.

Ano de 1992, ainda residindo em Sampa, trabalhando pelo GSI. Aos sábados jogávamos num encontro de Pais e Mestres.

Após alguns jogos, passei a formar no pelotão dos atletas do grupo ” A “. Éramos disputados a peso de ouro.

É quando convidado para fazer parte da equipe do coordenador Vital, este me chamou ao canto para uma conversa.

Baiano, você precisa ajudar não só nossa equipe, mas uma pessoa que lhe vai fazer um pedido especial.

AH! É, legal, vamos lá.

Qual o problema?

Vejam bem, meu goleiro, advinhem o nome de guerra?

Santa Cruz!
Já fiquei feliz com a coincidência.
Perguntei?
E, aí amigo?

Ele cabisbaixo fala: quero que você faça tudo para sermos campeão.
Pois nunca ganhei uma medalha.
Beleza cara, você fecha o gol lá trás, que lá na frente eu garanto.

Quanta presunção.

Porém acredite. Naquele meio dava para fazer esta GRAÇA.

E foi o que aconteceu, fomos campeões do toneio.

Na hora da medalha, o Santa Cruz, grita para esposa e filho na arquibancada: mulé foi por causa dele que consegui.

Na hora do churrasco, falei: AMIGO, SEMPRE ACREDITE NOS OUTROS, MAS PRINCIPALMENTE EM VOCÊ!

Fernando Santana

Categoria: Artigos

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.