FernandoSantana

FERNANDOSANTANA paixão pelo futebol

Dez anos sem título

Campeão em 1959, o Santa Cruz caminhava para 10 anos sem dar aos seus torcedores o sabor de um campeonato com faixas no peito.

Deu oportunidade a seus meninos prata da casa de evitar o hepta-campeonato do Náutico.

Afastamos o clube dos Aflitos da disputa, mas topamos com o Sport,que depois do BI em 1962/63 estava também na fila.

Fomos disputar a melhor de três partidas enfrentando o Leão da Ilha.

No dia 17 de agosto de 1969, primeiro jogo na Ilha do Retiro.O Sport entrava em campo com: Waldir, Baixa, Bibiu, Gilson e Altair; Dandô e Soares; Tonel, César, Duda, e Fernando Lima.

O Santa Cruz: Pedro Cruz, Norberto, Birunga, Zé Júlio e Vilanova; Zito e Luciano; Cuíca, Mirobaldo, Rubens Salin e Fernando Santana.

O Sport partiu com tudo para cima do santinha, mas soubemos segurar o ímpeto dos rubro-negros.

Fernando Santana, que não havia marcado nenhum gol no Sport, entrou determinado marcando dois golaços. O segundo de bela feitura, após receber passe de Luciano, viu a saída do goleiro Waldir(Vasco da Gama), e num belo toque encobriu o arqueiro leonino. Torcida em festa. Final do 1o jogo: Santa Cruz 3 x 0 Sport.

E o artilheiro com dois gols e outro de Salin, passaram a vantagem para tentar o tão sonhado título. Os dez anos pesavam e muito dentro e fora dos mais querido.

Fernando Santana

Categoria: Artigos

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.