FernandoSantana

FERNANDOSANTANA paixão pelo futebol

O Santa Cruz década de 60

p1010248.JPG

Artigo do Diário de Pernambuco – 29 de Junho de 1980

Matéria de JÚLIO JOSÉ – ” GOL DE PLACA ”

O Santa Cruz da década de 60 não chegava onde queria.

No tempo das ” vacas magras” : Válter, Agra, Reginaldo, Norberto, Carlos, Jório; Agachados: Sílvio, Uriel, Manoel, Terto e Nivaldo.

Estava chegando nas divisões de base e lembro das dificuldades, pouco material para treinamento, chuteira que sobrava dos profissionais custurada pelo sapateiro.
Quem não recorda dos preguinhos batido no pé de cabra evitando furar a sola dos nossos pés.

Conversava demais com Terto um ídolo e amigo, que foi logo vendido ao São Paulo.

Uriel, um excelente atacante juntamente com Manoel que veio do Bangu/RJ.

Um bom time sim. Com craques? SIM! E por que não era campeão?

O Santa Cruz , em 1967 (foto datada do dia 30/06) nadava, nadava, mas morria na praia.

Sua torcida sofria, se lastimava, era gozada, humilhada, ridicularizada.

Hoje as coisas são outras, bastante mudadas, mas esses jogadores contribuiram de alguma maneira, para formação de uma forte equipe do penta-campeonato(1969/73).

Dessa equipe , Reginaldo, Norberto, Uriel e Nivaldo ainda ficaram até 1969, quando o Santa Cruz conquistou o título máximo.

>>> Extraído do Diário de Pernambuco -” Minha gratidão ao grande tricolor JÚLIO JOSÉ “.

Fernando Santana

Categoria: Artigos

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.