FernandoSantana

FERNANDOSANTANA paixão pelo futebol

Jogo prá Homem

O mestre Gradim, homem vivido no futebol carioca, jogando pelo Fluminense , veio a Recife convidado pelo presidente Zé Albuquerque. Já sabia que sua tarefa não era nada fácil. Dinheiro para contratar craque não havia. Então, sem grana para fazer um grande time foi-lhe entregue os meninos do Arruda. Recém saídos campeões do Juvenil uma safra de potenciais a serem lapidados. O mestre com paciência de ” pai “, entendia que só os garotos não resolveria.

Solicitou contratações de atletas da região Nordeste. E chegaram: Mirobaldo(Sergipe), Facó e Vilanova(Ceará), Zé Júlio e ERB(Alagoas), Pedro Cruz ( carioca radicado no Ceará), Erandi e Antonino(Paraibano).

Incorporados ao elenco: Cuíca, Joel, Nivaldo, Luciano e Paulo Veloso, Santana, Valdir, Rivaldo, Naércio e Zequinha.

Jogávamos o Nordestão de 1968, empatamos com o Sergipe num jogo terrível onde aconteceram fatos lamentáveis por conta de uma arbitragem péssima.

Dias depois iríamos fazer dois jogos fora: Confiança(Sergipe) e Fluminense de Feira de Santana. Precisávamos das vitórias para em casa decidir com o Sport.

O jogo teve clima de guerra, inclusive com portões fechados, por sorte o árbitro Coronel Sebastião Rufino/PE.

Na hora da preleção instalou-se uma intranquilidade, até medo mesmo pelo que a imprensa falava.

Aí, entra o Mestre Gradim, e coloca as 11 camisas viradas nos respectivos números, e brada:
” Todos sabem quem está escalado para jogar; porém, só veste quem for HOMEM de verdade “.

Todos se entreolharam e um a um foram pegando o uniforme. Jogo prá homem garotada, fomos para campo vencendo o Confiança por 2 x 1.
Após o jogo viajamos para Bahia e metemos 6 x 0 nos baianos de Feira de Santana.
Na Ilha do Retiro enfrentamos o Sport Recife, ficamos com o vice-campeonato por ter perdido de 4 x 1.

Fernando Santana

Categoria: Artigos, Causos

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.