FernandoSantana

FERNANDOSANTANA paixão pelo futebol

Onde piso não há grama

O goleiro, guarda-valas(Portugal), Mão-de-lôdo, Mão-de-Papel, Vigia, e outros termos àqueles que se não estiverem lá, NÃO tem graça.

Porque fazer gols, é um negócio de VIDA, gostoso, sensacional, é só ver a correria festiva dos goleadores.

Explico: a tesão de fazer GOL, é um orgasmo geral em todo sentido. Fazer acontecer, sem ter medo do adversário, nem pensar se vai ser bom ou NÃO. O GOL é delírio prá quem faz e a torcida delira como se ela fôsse o artilheiro. É só olhar para arquibancada e ver: AGARRÕES, BEIJOS, Promessas DE CASAMENTO E TUDO MAIS.

Agora, o pobre do GOLEIRO é o primo POBRE da HISTÓRIA.

SENÃO vejamos: onde joga e pisa NÃO há gramas.

Depois do árbitro é a MÃE mais falada no futebol.

Joga 89 minutos perfeito, diferente do atacante.
ELE quando falha é crucificado, o outro ao deixar sua marca é HERÓI.

E o danado do pênalte hoje com paradinha.
Tudo contra ele, NÃO pode mexer, NÃO pode sair antes. Enfim, é um maldito a ser crucificado.

Problema deles, que quer pegar a BOLA com as MÃOS quando temos que jogar com os PÉS!

Como atacante quero mesmo é vê-los para um lado e a BOLA na REDE.

Pois FUTEBOL é BOLA na REDE! É tudo que a torcida almeja…gols mais gols a cada jogo de futebol

Fernando Santana

Categoria: Artigos

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.