FernandoSantana

FERNANDOSANTANA paixão pelo futebol

Mourinho x Dunga

Chegando da minha caminhada matinal, fui ler o jornal e verifiquei que naquela quarta-feira a tarde(24/09) assistiria ao confronto programado do futebol italiano.

O jogo seria da esquadra Internazionale de Milão atual campeão contra o Lecce.

E passei a observar a equipe comandada por Mourinho, um bom toque de bola e a todo custo tentando passar pelo ferrôlho do adversário.

Daí comecei a comparar o Brasil quando enfrentou a Bolívia e empatou de 0 x 0, todos saindo reclamando que não havia espaço, jogo truncado, 10 homens lá trás, assim não tínhamos como furar a muralha Boliviana. Não só os jogadores como o treinador Dunga colocaram a mesma resposta após a partida.

Mourinho da Inter de Milão, viu o primeiro tempo, foi para o vestiário e de volta colocou em campo mais dois atacantes. Claro que fazia valer seus excelentes profissionais que cumpriam a determinação tática, mas ficavam a vontade de tentar dribles para romper a defesa do Lecce.

Coisa que não vemos na Seleção Brasileira, medo de tentar um jogada que o leve ao gol? Ou nosso treinador não permite tal coisa? Ou por que só Robinho tenta com suas firulas envolver seus marcadores?

Quando faltava poucos minutos para o término do jogo, Mourinho colocou mais um atacante e ganhou o tão fechado jogo. Sorte? Claro que NÃO, audácia e competência sem medo de ser feliz.

Espero que Dunga que estava lá vendo o jogo tenha aprendido, pois Mancini jogou e partia a toda hora prá cima dos laterais, driblando e cruzando na área.

Que a luz de Mourinho o ilumine nos próximos jogos de outubro quando enfrentaremos Venezuela(fora) e Colômbia(Maracanã).

Fernando Santana

Categoria: Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.