FernandoSantana

FERNANDOSANTANA paixão pelo futebol

Palestra no FORUM – 1a parte

15102009061-300×225.jpg15102009061-300×225.jpgAtendendo um convite do mui digníssimo Desembargador Dr. Bartolomeu Bueno, fui ontem(15/10) à sede do Santa Cruz conversar sobre o nosso pentacampeonato.

Abertura e apresentação por: Silvio Ferreira

Na íntegra:

Em 25/12/1947 às 8.00h nascia um menino pelas mãos de tia Naninha(parteira), que foi logo dizendo: vai ser jogador do Santa Cruz. Meu pai José, minha mãe Maria, pela data a manjedoura creiam era uma BOLA. Presente que me acompanhou por muito tempo.

Ora, com tanta bola na minha vida, estava na estrela Dalva que o menino seria jogador de futebol.

Hoje, retorno como bom filho à casa que me acolheu, embora em 1962 tenha sido reprovado por duas vezes. O que me fez preparar-me melhor para ficar de vez. O que aconteceu em 1964, após os jogos colegiais sendo campeão pelo Ginásio Pernambucano. Com isso fui cogitado pelos três grandes da capital, porém decidi pelo Santa Cruz.

No entanto, apesar da minha decisão, meus pais não aceitaram, proibindo-me, pois trabalhava com meu padrinho Rochinha. De cara, foi logo dobrando o valor pago pelo clube. Mas, o treinador Lourinaldo Rodrigues brigou e fez-me voltar ao que tanto queria.

No ano de 1966, encontrei minha família a começarmos uma luta, sabedor das dificuldadesde chegarmos ao profissionalismo. Um grupo unido desde o juvenil: Naércio, Edson, Rivaldo(saudoso), Daniel, e Di; Zequinha e Luciano; Cuíca, Joel, Paulo Veloso, Santana e Nivaldo.

*** Continua***

Fernando Santana

Categoria: Artigos

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.