FernandoSantana

FERNANDOSANTANA paixão pelo futebol

Técnico ganha jogo?

Não!

Tenho minhas dúvidas, mas, que se faz necessário tê-lo no dia-a-dia.
Hoje são valorizados demais.
Quando na verdade são os que estão em campo é que resolvem.
Trabalhei com um treinador que dizia; para chegar ao objetivo final, preciso:
– jogadores de qualidade para todas posições,
– pagamento em dia,
– nem santinhos , nem moleques…atletas altamente profissionais comprometidos.

Olha, sem novidades para o futebol atual que diferencie da minha época.

Do mestre Gradim, aprendi muito, principalmente pelo jeito paizão na preocupação de não deixar-nos cair no buraco d’Uma glória ainda não alcançada. Éramos um grupo de adolescente recém saidos dos juvenis. E, nas oportunidades de cada entrada no profissional já nos achávamos ‘O TAL’.

Já outro, deixou-me cabreiro.
Pois com ele a desconfiança em tudo e por tudo.
Ele ganhava, nós perdíamos. Porém sabia muito…
Não deixou-me boas lembranças.

Então amigos, o futebol é isso…cheio de artistas… principalmente dos que não entram para fazer o verdadeiro espetáculo.

Que é estar lá dentro do gramado com os pés, mas principalmente com a cabeça.
Driblando, desmarcando-se na hora certa, facilitando jogadas ao companheiro com ou sem a pelotita.
Pensam que é fácil brincar com a redondinha…é não.
Muitos tentam, poucos conseguem na essência dessa maravilhosa, de seu absoluto domínio e magnetismo de jogar FUTEBOL .

Eita, e o técnico…ganha ou não jogos???

Fernando Santana

Categoria: Coluna

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.