FernandoSantana

FERNANDOSANTANA paixão pelo futebol

Carnaval

Sempre fui um fulião recatado.
Gostava quando meu pai me levava para ver: o corso, o Homem da Meia-Noite e o Maracatú de Dona Santa. Isso em Recife. Porque, minha mãe, não abria mão de ir a Olinda ver Elefante, eu, gostava de Pitombeira de Quatro Cantos.

Sem futebol, vou dar uma descansada em Foz de Iguaçú, e rever meus amigos de Capanema no Paraná.

Claro, que se der, uma peladinha para matar a saudade da bola.

Ontem, pela Copa do Brasil, o Náutico fez seu dever de casa e goleou o TREM/AP descarrilhando-o com seis vagões. Respeitou, jogou determinado e sua torcida saiu satisfeita. Agora, esperar o jogo contra o Bangu/RJ.

O Sport de Hélio dos Anjos junta os cacos e vai ter muito trabalho na sequência do PE/2011.
Perder do Sampaio Correia não é problema, mas, como perdeu a classificação para seguir na Copa do Brasil.

O ‘santinha’, vai com o ZÉ Teodoro trabalhar e muito para tentar manter estabilidade na equipe.

Fernando Santana

Categoria: Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.