FernandoSantana

FERNANDOSANTANA paixão pelo futebol

Gostava

normal_p1010074.jpgE muito de entrar e viver um jogo desse.
Ainda mais contra o Sport. Foram várias partidas enfrentando: Gilson, Bibiu, Marcos, Cidão…porém, foi na decisão de 1969…que vem boas lembranças. E um susto. Como bloguei anteriormente do primeiro jogo, vamos para as demais partidas. Por incrível que pareça, a melhor de três foi para quarta decisão. Bronca! Mas o desejo de ser campeão nunca deixamos escapar. Estávamos prontos como verdadeiros guerreiros do comandante Mestre GRADIM. O jogo foi no campo do Náutico, o árbitro sua senhoria Armando Marques. Prá mim tudo normal. Até o momento que meu treinador me diz: você vai de ponta-direita. EU??? É, depois explico o porquê. Começa o jogo, levo a bola prá cima do ala/lateral…aí escuto: solta a bola garoto. Como é que é??? Uma minha outra tua. Entendi na hora que o experiente vindo do Flamengo não queria complicação por seu lado. Minha leitura do jogo, da escalação…o mestre sabe das coisas. Ora o rapaz sabendo que iria ter trabalho com o artilheiro caindo nas suas costas, não poderia subir como fazia normalmente, e que o ALA não teria vida mansa. Fora isso o mestre colocou um ataque todinho de artilheiros. Senão vejamos: Fernando Santana, Facó, Mirobaldo, Luciano Veloso e Nivaldo Cavalcanti. Era prá meter medo a qualquer equipe. Vencemos por 2 a 1, com gols de Facó e Veloso. Uma festa inesquecível depois de 10(dez) anos sem ser campeão.

Na foto: Pedro Cruz, Norberto, Zé Júlio, Zito, Birunga e Ari; Fernando Santana, Facó, Mirobaldo, Veloso e Nivaldo …mascote James Thorp Fo.

Fernando Santana

Categoria: Artigos

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.