FernandoSantana

FERNANDOSANTANA paixão pelo futebol

MÃE

Mãe, mamãe, mainha, mama, ÉS chamada de tantas maneiras, mas ÉS ÚNICA. Que nos agasalha. Que nos alimenta. Só ela nos mostra o verdadeiro sentido do AMOR. Só ela nos conhece por inteiro. Só ela nos percebe desde o tenro momento da fecundação. Somos felizes no seu aconchego. É diferente. Incrivilmente sagaz quando não estamos bem. Parecendo que o cordão umbilical nunca foi cortado. Daí que em alguma oportunidade nos pegamos em posição FETAL. Talvez na garantia da força, segurança, proteção, apoio, carinho, amor, felicidade.
Por tudo isso ‘maiínha’ somos eternamente gratos por sermos seus filhos.

Fernando Santana

Categoria: Artigos

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.