FernandoSantana

FERNANDOSANTANA paixão pelo futebol

Vergonha nacional…

Perder faz parte de quem joga. Até porque não há time invencível. Agora, tomar de sete num jogo entre seleções numa Copa do Mundo. É dose. Ninguém acredita. Parece piada. Mas, ontem tomamos um vareio de bola. Não só pelos gols. Foi uma aula de como deve-se praticar. Aplicação. Determinação. Trabalho uniforme de toda equipe. Doação para vencer sem medo.

Claro que o mundo não vai acabar. Porém, fica a lição. Humildade, quando sabíamos que o outro estava melhor em tudo. Tática e tecnicamente. Grupo envolvido com propósito de chegar na final. E chegou bem.

O BRASIL precisa voltar a praticar o futebol moleque, de dribles, firulas com objetividade.

Quem sabe se a estonteante derrota não nos faz retornar aos  velhos tempos.

Fernando Santana

 

O que mudou?

O relógio suíço tique-taque espanhol, parou no tempo. Viveu de vitórias por seis anos, onde dominou o mundo com a posse eterna da bola. Pé a  pé, às vezes cansavam a que os assistia. Porém, ninguém conseguia os detinham. O tempo passa, e hoje a evolução de tudo é muito rápido. Então passamos a enxergar e VER que velocidade com determinação ao gol faz sucesso. O que observamos nessa COPA do Mundo no Brasil. Equipes que estão usando forte marcação e entusiasmo e concentração, sempre com direção de bólidos em direção a meta adversária. Daí ver seleções como Espanha, Inglaterra sucumbirem  na fase inicial.

Ainda teremos surpresas aos que não acreditam que tudo mudou…

O tempo é outro.

Fernando Santana

Precaução demais…

Da comissão técnica do Brasil. Com a saída prematura do atacante que diz em condição de jogo, vai pro banco, não entra e ainda colocam um meia. Ora, medo de quem? AH! Sabemos jogar com a pontuação para classificar. Então por quê não entrou para vencer? Medo. Sabemos que não temos o melhor time. Jogadores estrelas não tão brilhantes. Mas temos reservas que foram convocados como equipe de grandeza. Daí precisa que o “professor” saiba mexer nas pedras do xadrez com estratégia conhecedor de sua capacidade ao cheque mate.

Fernando Santana

HOLANDA, SHOW de bola…

Foi o que vi, há muito tempo sem ver a velocidade com direção ao gol. Nada de laterais, marcação ferrolho. Talvez uma resposta a perda em 2010 quando deixaram pela terceira escapar o título. Não sei. Mas, a determinação principalmente no segundo tempo foi decisiva. Seus atacantes, aplicados, com sede da vitória deram um show de bola.  No mais é saber que a Holanda vem com  vontade de levar o caneco. Que abram os olhos todos que cruzarem com a volta da laranja mecânica.

Fernando Santana

SUFOCO…

Como toda estreia, difícil, preocupante e a incerteza do que virá. Ainda mais quando a festa é na sua casa. Nada pode dar errado. Vem aquele friozinho na barriga, que passa e alguns reagem mais rápido que outros. Então, o adversário, franco atirador, percebe, e entra em ação. Foi o que aconteceu ontem. A nossa seleção demorou a sair do marasmo. Poderia ter perdido uma partida que sabíamos difícil, mas, temos jogadores diferenciados que assumem o atleta que sabem o seu poder. Tomam a responsabilidade para si e contagiam àqueles para acordarem. Agora já sem o peso do primeiro jogo, poderão ir às outras partidas mais tranquilos. Todos são bons, então joguem como sabem e bola pra frente.

Fernando Santana

Em busca do,

Terceiro lugar para ter direito a Copa do Brasil do pp/2015.

Não temos o que reclamar, jogamos fechado, pois o empate servia. Por que não foi à frente? Perguntamos. E, se fosse? Venceria? Alguns pela manhã dizia: treinador medroso. Sei não. Acho que lhe falta elementos de qualidade, o que sobra no adversário. Não temos time e muito menos equipe para pelo menos manter-nos na no brasileirão da segunda divisão. ELITE fica longe para no momento alcançarmos.

Fernando Santana

.

É prá valer…

Esse jogo na Ilha do Retiro, amanhã, é prá tirar o fôlego de qualquer um. Sim, o santinha fez um grande resultado no jogo de ida. E só tem a vantagem do empate. Ora, só na cabeça de quem sabe muito de futebol. Todas as ligas mundiais tratam o fato com diferença de gols. Claro, num futebol tão sofrido com jogos sem qualidade. O show ficaria em muitos gols. Mas, deixa prá lá que o santinha com VICA escalando uma equipe que deve esperar pelo leão. E contra atacar com velocidade, que é  prá valer indo para a final…

Fernando Santana

O REAL ARTILHEIRO, gol só com bola rolando…

 

Vamos ver agora…

O risco de não classificar-se, passou. As derrotas para o favorito também. Resta agora ver quem pega quem. O  santinha jogou bem até o cracaço NATAM em campo, com a sua saída no intervalo o tricolor não foi o mesmo. Embora chances do segundo tempo para definir a partida. A pegada firme lá no campo do adversário mostrou que é caminho contra qualquer um, pois a bola vai ficar sempre conosco.

Agora é esperar,,,

Fernando Santana

Foi de chuá…

Foi de lavar a alma do torcedor tricolor. Claro, há tempo não vencia clássico. Então, foi para um jogo de lascar. O treinador ameaçado por forças ocultas. Gente, ele não joga. Precisa de elementos qualificados e sabemos que não houve reposição com os lesionados. Vai cobrar por quê? Dê condições. Sabemos das deficiências e a diretoria não trata de resolver.

Bom mesmo foi ver guerreiros com muita determinação…

Fernando Santana

REFORÇOS…

Resposta as perguntas que ultimamente me fazem? Quer por onde passe…Então, na minha visão de torcedor. Sim, pois não sou técnico, nem palavra ‘abalizada’.

Mesmo mantendo a base do ano pp, para disputar e manter-se na série ” B “, precisamos de: zagueiros, meio campo que saiba sair jogando, atacante.

Explico: nossa zaga é lenta,  no meio campo depois da saída dos dois últimos, estamos órfãos, e no ataque, aí sim, dá pena.

Contratar com urgência porque com a  Copa do Mundo, tudo vai ser rápido.

No Ano do Centenário temos que ter uma equipe que honre a tradição do Mais Querido Clube das Multidões.

Fernando Santana

Penta campeão(69/73) e artilheiro de bola rolando…