FernandoSantana

FERNANDOSANTANA paixão pelo futebol

CADÊ os BOLEIROS

PÔ meu, foi mal…ninguém apareceu. Nem mesmo as equipes que jogariam. Prá mim uma vergonha. Falta de comprometimento. Por quê não voltar à RECIFE OU OLINDA?
É mais perto, fácil de todos locomoverem-se para o ENCONTRO.
Parabéns para a moçada do Central de Caruarú. Chegou cedo, entrou em campo e não tinha adversário pronto. Enfrentou o NÁUTICO no primeiro tempo e esperou um combinado de Sport e Santa Cruz. Olha, chato NÉ. Nem nas minhas peladas acontece isso.
Fui incubido de trazer de Fortaleza o grande amigo ORLANDO FACÓ, que foi homenageado com justiça pela pessoa e ex-atleta com passagem no SANTA CUZ.
Ao lado de DR. Bione botaram o papo em dia, até mesmo quando fomos deixá-lo no aeroporto.
Foi bom rever Uriel, Josenildo, Joel, Pedrinho, Luciano Veloso, Ramon, Nivaldo, Tico, Elenilson, Zé Maria, Augusto, os goleiros: Pedro Cruz e Serginho, Farias de Surubim, Gilvan Floriano, Barreto, Ronaldo, Paulinho, João…
Vamos ver para o DÉCIMO SEGUNDO ENCONTRO DOS BOLEIROS uma formar de juntar mais o GRUPO num verdadeiro reencontro. Até porque é uma vez só no ANO.

Fernando Santana

Batista

batista1.jpegam1.jpegJoão Batista de Oliveira, jogou no América de Recife, Sport Clube do Recife, Ferroviário/PE e Potiguar/RN.

Foi campeão pelo América/Pe no torneio Início/70.

Téco, Ubirajara, Ideltônio, Isna, Fernando e Jaminho;

Edson, BATISTA Toínho, Edinho e Déo.

Jogando pelo Sport:

Belini, Ivan, Ronaldo, Cigano, Cidão e MARCOS;

BATISTA, Edmilson, Maranhão, Odilon e Ivanildo Arara.

Sempre o encontro em Boa Viagem onde possui comércio.

Fernando Santana

Ronaldo

sport-2_fs.JPGHoje, professor de Educação Física, com passagem no Futsal do Náutico.
Também exerce na Academia de Polícia e ainda na Prefeitura de Jaboatão.
Para não esquecer que aos domingos junta-se a nós boleiros ASIMARENSES na Granja Pilar em Paulista.
Bom mesmo é cuidar de netos, diz ele, ontem mostrando a fotografia de dez/2010, quando da festa do BOLEIRO no Estádio Jeferson de Freitas.
Como de costume após a pelada a resenha, ele de pronto junta a galera e narra: vejam só, jogo do Sport contra o Santa Cruz, Pedro, meu neto pela manhã já uniformizado rubronegro…VovÔ vou entrar com você. Daí, vi que tinha que jogar, ou entrar em campo. E, logo que entramos, procuro-o, cadê o menino? Nada, chamo a mãe, ela mostra-o todo abusado. Não vou! Você, não está com a número DEZ de Marcelinho Paraíba. Denô, pergunta-me se quero trocar de camisa, mas, não havia mais tempo, pois o jogo começava.
Valeu VoVÔ Ronado Ribeiro.

Fernando Santana

TERTO

normal_albumnaercio-2.jpgTertuliano Severino dos Santos, quando cheguei no Santa Cruz admirava o famoso “Flexa Negra” pela sua velocidade e determinação em busca do gol.

Nascido em Recife em 29/12/1946.

Foi vendido para o São Paulo em 1967, porém sua adaptação à terra da garoa foi muito difícil. Saudades da família, do feijão com arroz e farinha. O frio.

Jogava como segundo atacante no santinha, mas lá pela sua velocidade foi titularíssimo na ponta direita. Segundo conta o canhotinha de ouro(Gérson)…. lançava e corria para o abraço.

Sempre que íamos jogar em São Paulo nos visitava no hotel procurando atualizar-se sobre as novidades da sua terra natal.

A foto é de 1991, torneio de Masters/PE:

Naércio, Zé Maria, Ivan, A. Santos, Zé Júlio e Cabral;

Nino, Magno(PB), Luciano, Santana e TERTO.

Hoje reside em Sampa, onde mantém uma escolinha de futebol.

Fernando Santana

GENA

santa-2.jpg60638_5.jpgGenival da Costa Barros.

Natural de Recife, nascido no bairro de Santo Amaro em 11 de maio de 1943.

Na foto do Santa Cruz é o primeiro à direita, com o time do Náutico é o quarto dos que estão em pé.

Craque, um dos melhores laterais do Brasil na década de 60, não devendo nada aos selecionáveis: Djalma Santos, De Sordi(Copa de 58), Carlos Alberto, Zé Maria( Copa de 70).

Tive a felicidade de conhecê-lo de perto quando após o hexacampeonato do Náutico veio para o Santa Cruz.

Foi o gringo Seu Jimmy que o contratou em 1970.

No clube aristocrático de Rosa e Silva atuou com uma defesa memorável ao lado de: Lula Monstrinho(goleiro), Fraga, Mauro e Clóvis.

No Santa Cruz: Detinho, Gena, Rivaldo, Zé Júlio e Cabral.

Nos encontramos dia 8/6/09 numa programação da Globo Nordeste do jogo que estivemos junto. Foi em 1969 quando a seleção Pernambucana enfrentou a seleção Brasileira.

Foi um grande encontro de grandes lembranças. Hoje em dia GENA trabalha no CT do Náutico na Macaxeira.

Fernando Santana
.

MIROBALDO

normal_p1010074.jpgQuando fomos jogar em 1968 em Aracajú/SE pelo Nordestão enfrentando o Confiança, pensei: com esse nome todo ou joga muito ou sei não. Ledo engano. O rapagão com seu 1.87m, uma verdadeira patada com o pé esquerdo, além de bom cabeceador.

Após o jogo o mestre GRADIM, que garimpava os melhores do Nordeste, foi logo mandando contratá-lo para o tricolor do Arruda.

Foi campeão em 1969, quando enfrentamos o Sport.

Bem na foto: Pedro Cruz, Norberto, Zé Júlio, Zito , Birunga e Ari; agachados – Fernando Santana, Facó, MIROBALDO, Luciano Veloso e Nivaldo.

Caboclo MIRÓ, foi goleador por onde passou.

Transferido para Portugal atuou por:

S. C. Farense – de 1972 a 1976 goleando 41 vezes.

Vitória de Setúbal – 1977 a 1979, fazendo 26 gols.

Portimonense – 1980 com 10 gols do artilheiro.

Olhaense – 1983/1984 16 gols.

José Mirobaldo Bastos Correia nasceu em Sergipe – 31/05/1946

Fernando Santana

URIEL

normal_36.jpgO nome do craque boleiro santacruzense dos anos 60, vem em homengem a um arcanjo, cuja principal função é de apoiar e colaborar na evolução da terra.

José Airton, nasceu em Recife/PE no dia vinte e cinco de março.

Conheci Uriel nos profissionais do Santa Cruz quando fui fazer testes. Ao lado de outros craques como: Terto, Dilson Marques, Norberto, Josenildo, Zinho…

Chamava atenção seu faro de gol, muito rápido nas escapadas e chute certeiro nas metas adversárias. Chegou a ter seu nome ventilado para transação com o Vasco da Gama/RJ.

Foi campeão pelo Santa Cruz em 1969, em 1970 transferido para o Ferroviário de Fortaleza/CE também conquistou o título com: Aluísio Linhares, Paulo Veloso, Louro, Amilton Melo , Coca Cola …

Também foi atuar em Portugal pela Associação Desportiva de Fafe, cidade de mesmo nome no distrito de Braga/PT.

As vezes o encontro passeando em Boa Viagem ou nos encontros de boleiros, pelada só de vez em quando.

Fernando Santana

Vasconcelos do NÁUTICO

digitalizar0001.jpgSeverino VASCONCELOS Barbosa

Nascido em Recife(capital do frevo) aos vinte e quatro dias de setembro de mil novecentos e cinquenta e hum.

Equipe do Náutico de 1974: Juca Show, Cordeiro, Baiano, Sidclei, Beliato e Neneca; Dedeu, Fernando Santana, Paraguaio, VASCONCELOS e Betinho.

Apareceu no mundo do futebol jogando em Natal/RN no América, chamando atenção do pessoal do Náutico.

No ano de 1974 tornou-se campeão Pernambucano, em seguida o Palmeiras/SP foi logo o contratando. Jogou ainda no INTER/RS.

Mas foi no Colo-Colo de Santiago do Chile que foi idolatrado, onde vive até hoje.

Quando estive em 2007 em viagem por Santiago e Lagos Andinos, que vi a fera é de verdade. Chegando ao hotel Príncipe das Antúrias perguntei ao gerente: conheces “BASCONCELOS”?

Claro, por que?

Falei que tinha jogado com ele no Náutico de Recife. O homem não acreditou, e EU, claro, queria facilitar a nossa estada com o grupo da VIA MUNDO TURISMO. Curioso, duvidando, pediu-me que provasse. Agora mesmo amigo, tenho um Blog: www.fernandosantana.com.br

Com um misto de desconfiança e alegria ao ver seu ídolo numa foto da equipe alvirubra, SORRIU. Porém nosso amigo Vasconcelos não estava na cidade, pois havia saído pelo país onde negocia jogadores.

Fernando Santana

.

Boleiros Asimare

Neste domingo 28/12 nossa última pelada do ano/2008, foi excelente.

Bom nível técnico, jogadas de verdadeiros boleiros em fim de temporada.

Nossa equipe de Azul, bem postada em campo, toque de bola e chegando com perigo a meta dos Amarelinhos.

Romildo nosso goleiro bem tranquilo com uma zaga perfeita: Dica e Tota, Camanducaia na ala, e um meio de campo solto com Pimentel, Edvaldo e Renato, Toninho, Everaldo e Santana um bom trio de atacantes. Resultado da primeira pelada 1 x 1 com a galera satisfeita pelo bom desempenho de ambas equipes. Destaque para Castanha(goeliro) e Carioca bem na zaga.

Para o segundo tempo ou prá mim um segunda pelada, haja visto o grande números de boleiros que entraram em campo. Retorno de Nivaldo agora recuperado e liberado pelo DM(ASIMARE), e Paulo Galvão(ex Santa Cruz) nosso convidado. O jogo com as equipes jogando um futebol mais aberto, muitos gols aconteceram. Saindo vitorioso o time Amarelo 4 x 2 com mérito.

Após os jogos a confraternização com churrasco e o grande pescador Tota nos deliciando com peixe assado na brasa.

UM FELIZ 2009 para todos os BOLEIROS de muita PAZ!

Fernando Santana

DICA

scan10063.JPG

scan10063.JPG

scan10063.JPG

Ivaldir Araújo

DICA

Começou no Santa Cruz, trilhando as divisões de base.

Lateral direito com excelente desarme e sem levar desaforo prá casa. Ríspido, mas LEAL.

Foi campeão na época do penta-campeonato.

Luta inglória quando GENA(Náutico) foi contratado pelo Presidente James THORP e não deixava ninguém assumir a lateral direita pelo BOM futebol do Índio.

Formado em Educação Fisica, exerce função de coordenação e treinador de Futsal nas Universidades.

Aos domingos nos encontramos pela ASIMARE para bater nossa pelada domingueira e nas RESENHAS lembramos dos bons tempos no Mais Querido.

” Além de grande AMIGO é quem nos leva : melancia já cortadinha para deleite dos peladeiros “.

Continua o marcador implacável, incansável e brigador, porém leal.

Fernando Santana